Para você que tem medo de viajar sozinho

Para você que tem medo de viajar sozinho

Fonte: http://blogdointercambio.west1.com.br

Você sonha fazer um intercâmbio mas tem medo de viajar sozinho? Muitas pessoas se deparam com essa barreira quando chega a oportunidade de colocar o plano em prática. Algumas acabam até desistindo da viagem por conta disso.

Mas será que o medo de viajar sozinho tem fundamento? É claro que a cautela é necessária, afinal, você estará em uma terra desconhecida, longe da sua zona de conforto. Mas esse receio que todos sentimos deve servir como combustível para buscar informações e não como um bloqueio. Ainda existem muitos mitos a respeito do assunto.

Quem conhece as vantagens de viajar sozinho certamente segue em frente e vive uma experiência única e enriquecedora. Pensando nisso, listamos abaixo 4 razões pelas quais você deveria fazer o seu intercâmbio. Confira!

1. Aumentar a autoconfiança

Por mais que esteja acostumado a resolver suas coisas sozinho, você sabe que a família está ali na retaguarda para qualquer emergência. Sozinho em uma terra distante, você poderá contar somente consigo mesmo. Isso servirá para aumentar a sua autoconfiança.

Além do mais, pessoas que fazem intercâmbio aprendem a ser mais organizadas e responsáveis com seus pertences. Por exemplo, se você deixar a toalha molhada sobre a cama, vai encontrá-la no mesmo lugar quando chegar da escola.

2. Conhecer pessoas novas

Quando viajamos acompanhados, tendemos a restringir nossas interações somente com quem já está conosco. Mas e quando se está sozinho? Alguém consegue passar um mês (ou mais) sem se comunicar com ninguém?

O fato de estar sozinho é o que “força” as pessoas a fazerem novos amigos. Você começará a conversar com gente de lugares do mundo que nunca imaginou e vai passar a achar legal ouvir cada um falando de sua terra. A riqueza cultural que isso traz é imensurável.

3. Conhecer a si mesmo

Esse é, talvez, um dos maiores desafios do ser humano: conhecer a si mesmo. Acreditar que sabe tudo sobre a sua própria personalidade e que consegue mensurar exatamente como agiria em cada situação não passa de uma ilusão.

Todos nós temos algumas nuances que desconhecemos e viajar sozinho pode ser uma boa oportunidade para mergulhar em seu íntimo. Será uma fase de reflexão, descobertas e autoavaliação. Pode ter certeza que daí nascerá uma versão melhorada de você.

4. Saber quando procurar ajuda

Apesar de estar distante de familiares e amigos, não é preciso dar espaço ao medo de viajar sozinho. Apenas seja precavido, escolhendo uma boa agência de intercâmbio. Algumas contam com sede ou representantes no seu país de destino.

É claro que o responsável por resolver suas questões será você mesmo mas, caso pinte alguma emergência, terá a quem recorrer, sem precisar se desesperar ou preocupar a família, que pode não saber bem o que fazer para ajudá-lo.

Além disso, uma agência cuidará de todos os trâmites com a escola e a hospedagem e, ainda, oferecerá orientação a respeito de documentos e burocracias necessárias para entrar e estudar no país. Portanto, saber quando pedir ajuda é mais um sinal de amadurecimento que viajar sozinho pode proporcionar.

Leave a Reply

Your email address will not be published.